As taxas da alfândega causam confusão em muita gente. Embora os importados sejam alvo do desejo de consumo — seja pelo valor que sempre parece compensar, seja pelo status e qualidade que eles denotam —, é preciso ficar de olho nos impostos referentes a essas compras.

Para esclarecer esse assunto, trouxe este post. Nele você vai aprender o que são essas taxas, quais são os produtos mais taxados, quais são as quantidades limites para compra no exterior e como estimar o valor do imposto, a fim de ver se compensa e se preparar para arcar com ele.

Pronto para descobrir mais sobre o universo das compras fora do país? Então, venha comigo!

Afinal, o que são as taxas da alfândega?

Uma taxa da alfândega é um imposto referente à importação de produtos, cobrado pela Receita Federal. Quando a mercadoria é recebida no Brasil, esse encargo precisa ser pago. Embora importar pareça atrativo — graças aos preços baixos exercidos no exterior —, as taxas da alfândega podem ser uma surpresa muito desagradável para o bolso.

Então, quais são os produtos mais taxados?

produtos e condições que isentam o consumidor dessa taxação:

  • medicamentos atribuídos à pessoa física (mediante receita médica);
  • jornais, revistas, livros etc., além do papel com destino à produção deles;
  • amostras de materiais sem valor comercial (como escalas de cor ou tecidos).

Contudo, é muito importante ficar atento aos valores e situações, pois um descuido nesse sentido pode colocar a perder o excelente custo-benefícios da sua compra. Veja a seguir quais são os produtos mais taxados pela alfândega!

Aparelhos eletrônicos

Você já passeou por uma plataforma de compra estrangeira? Se sim, deve ter notado que os preços de aparelhos eletrônicos são muito mais atraentes: smartphones, tablets e notebooks, além de videogames como Playstation e Xbox.

Mas não se apresse: essa categoria é uma das que mais se recolhe imposto de importação (também por isso mesmo ela é tão cara aqui no país). Dependendo do valor em território nacional, nem compensa importar, por conta do valor do imposto em nome da importação.

Roupas e perfumes de grifes

A tributação em cima de perfumes de luxo e roupas de marcas também é bem forte. Nomes como Hollister, GAP, Armani, Lacoste, Calvin Klein, Dior, Carolina Herrera e Paco Rabanne estão no hall da supertaxação. Há esperança: comprando apenas um produto por vez, por exemplo, o risco de ser taxado — que é mediano — diminui.

Sapatos, acessórios, maquiagens e bijuterias de luxo

Assim como as roupas, que compensam muito quando compradas para revenda, os sapatos femininos estão entre os produtos mais importados pelos brasileiros. Em sua maioria trazidos da China, são bem visados pela Receita caso sejam importados aos montes. Comprando, um par de cada vez, a chance de taxação é menor.

Marcas como MAC, Victoria’s Secret, além de produtos como colares, braceletes e pulseiras (geralmente folheados a ouro) chamam a atenção quando comprados em grande quantidade.

Elementos como cintos, chapéus, mochilas, bolsas e itens para cabelo são taxados levando em consideração o valor declarado, o peso do pacote e o tamanho da mercadoria.

Relógios de luxo

Vistos como objetos de desejo masculino, os relógios assinados por grifes e modelos de luxo em geral também são alvos das taxas da alfândega. Marc Jacobs, Ferrari, Adidas, Diesel, Nautica, Invicta, Casio… todas essas marcas são altamente taxadas, mesmo que você compre apenas uma unidade.

Entendi, mas é possível estimar o valor das taxas para preparar o bolso?

Felizmente existem ferramentas para simular o valor das taxas da alfândega. Uma breve busca em um mecanismo de pesquisa é capaz de encontrar um programa online para estimar quanto você vai desembolsar para atender os critérios da Receita Federal. Lembre-se de que não arcar com os valores traz problemas muito grandes, ok?

Por isso, sempre é melhor se inteirar sobre a compra, analisar se compensa e se preparar para arcar com as despesas. Você já foi pego desprevenido em alguma situação com a alfândega? Comente esse post e compartilhe com a gente a sua experiência!