Fazer reuniões em aeroportos pode ser um desafio. Na verdade, encontrar a pessoa e sentar para conversar é até simples, mas garantir um espaço de qualidade, com acesso à internet, temperatura agradável, silêncio e conforto, é a parte que complica todo o processo.

Mas quem vive em ponte aérea nem sempre tem tempo para se deslocar para um local com todas essas qualidades. Por isso, se reunir no aeroporto mesmo, aproveitando o tempo entre uma viagem e outra, é uma saída de mestre.

Pensando nisso, hoje eu trouxe este post com dicas de 3 lugares nos quais você vai conseguir fazer uma reunião de qualidade no aeroporto, apresentando as vantagens e os pontos fracos. Quer saber quais são eles? Continue lendo!

1. Espaços compartilhados de cowork

Os espaços de cowork são muito bem-vindos quando o assunto é trabalhar entre um voo e outro. Além de ter uma boa conexão com a internet, o espaço geralmente é bem distribuído, sendo assim um ambiente satisfatório para encontrar parceiros e fazer reuniões online. O problema é que nem todos os aeroportos contam com esse local.

No aeroporto de Guarulhos, por exemplo, em São Paulo, há uma área de cowork, mas vale lembrar que ele é o aeroporto mais importante do país. Além das salas de reunião, lá tem opções de alimentação, lugar pra tomar banho, serviços de impressão de documentos e um serviço de concierge.

O local é compartilhado, fica na área pública — ou seja, todos têm acesso, não é tão exclusivo nem tão seguro — e você paga um valor pela hora. No caso do cowork de Guarulhos, por exemplo, o espaço tem capacidade para atender 80 pessoas. A sala para reuniões é alugada e o preço varia.

2. Cafeterias com acesso à internet

Em aeroportos mais movimentados, é comum contar com estabelecimentos com serviço de alimentação. Há muitas lanchonetes tranquilas e cafés que podem servir como um bom ponto de reunião. O Starbucks é um bom exemplo: lá tem internet, tomadas, poltronas confortáveis e tudo mais.

O ponto negativo é que, ao combinar uma reunião em um café, nada garante que ele não estará cheio. Além disso, a imprevisibilidade pode ser um fator muito relevante. Se um grupo de adolescentes barulhentos resolve fazer o lanche da tarde ali, pronto: a sua reunião já foi por água abaixo.

3. Cabines exclusivas Siesta Box

As cabines são a consolidação de uma tendência que chegou para ficar. Além da boa internet, básica para quem trabalha entre um voo e outro, as cabines conferem mais privacidade e segurança. Você não vai precisar se preocupar com a sua bagagem, por exemplo, pois estará em um espaço exclusivo para você.

As cabines são confortáveis, com ar-condicionado, camas e televisão. A verdade é que se trata de um real serviço de hospedagem para quem está em trânsito em aeroportos. A praticidade da locação também entra no hall de vantagens: é possível agendar o seu horário e pagar online.

Essa opção é excelente tanto para fazer reuniões em aeroportos quanto para descansar ou trabalhar remotamente, pois confere conforto, tranquilidade, privacidade e todos os recursos essenciais. Colocando na balança as necessidades de quem vive em ponte aérea, as cabines representam a melhor escolha.

Que tal ter essa experiência em sua próxima viagem? Entre em contato com a Siesta Box e descubra esse novo conceito!